Feira do Porco 2015

Está constituído o Centro de Competências do Porco Alentejano e do Montado. Esta instituição reúne produtores, industriais, investigadores e autarcas e foi criado para elaborar uma estratégia comum nas áreas do conhecimento e da valorização dos produtos transformados do porco alentejano.

O acordo de cooperação entre as entidades foi assinado ontem, no decurso da Feira do Porco Alentejano, em Ourique, num processo liderado pela Associação de Criadores do Porco Alentejano.

Nuno Vieira e Brito, Secretário de Estado da Alimentação e Inovação Agroalimentar, em declarações à comunicação social, avançou que a esta entidade caberá também a construção de estratégias com vista ao melhor aproveitamento do novo pacote de fundos comunitários.

O Secretário de Estado frisou que a internacionalização dos produtos derivados do porco alentejano deve ser uma das prioridades de quem está no terreno. Nuno Vieira e Brito identificou os mercados do Japão e do Brasil como apostas importantes.

Nuno Faustino, presidente da Associação de Criadores do Porco Alentejano identificou algumas das áreas de trabalho prioritárias para o recém-criado Centro de Competências do Porco Alentejano e do Montado.


Comente esta notícia

Galeria de fotos