CIMBAL

O Governo através da DGAL - Direção Geral das Autarquias Locais já devia ter procedido às transferências dos meses de Janeiro e Fevereiro, para a CIMBAL - Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, mas ainda não o fez e Orlando Pereira, da CIMBAL, disse à Voz da Planície que aquela situação está a colocar sérios problemas de tesouraria e financeiros à instituição, porque afecta sobretudo, o pagamento dos salários dos trabalhadores.

Esta falha no compromisso por parte do Governo, perturba a vida dos trabalhadores e da própria Comunidade, apesar de a DGAL ter informado que até ao final da semana transata seria ecfetuada a transferência dos valores dos dois meses em dívida, situação que não ocorreu, frisou também Orlando Pereira. Prosseguiu referindo que entretanto, foi avançado pela DGAL, que os montantes em dívida seriam transferidos nos próximos dias e que espera que tal se confirme.

Perante o sucedido, a CIMBAL, através de uma gestão rigorosa, encontrou forma de pagar os salários aos seus trabalhadores, garantindo as transferências para o dia de hoje, revelou ainda, Orlando Pereira, lembrando contudo, que a falta das verbas em causa cria sérios constrangimentos no funcionamento da instituição.


Comente esta notícia