EXPOBARRANCOS 2014

Um certame, que se prolonga até domingo, que leva muitos visitantes a Barrancos e que este ano, aumentou o número de expositores. Um evento que promove, nos dois lados da fronteira, até porque a Expobarrancos é também, a grande feira da raia, a excelência dos produtos diferenciadores e de qualidade que tem para oferecer e que passam pelo presunto e por uma grande diversidade de enchidos.

Barrancos é "Capital do Presunto", um produto DOP equiparado ao que, de melhor se faz no Mundo e que neste momento já é exportado para a Ásia, países da lusofonia e Espanha. Razão mais que suficiente, na opinião de António Tereno, para uma visita a Barrancos nestes três dias de certame.

Para além da marca "Capital do Presunto", Barrancos assume-se também como "Terra Única", porque aposta no seu desenvolvimento sustentável, assente nas características que a diferenciam, ou seja as condições naturais do território, o ambiente despoluído, o património e a especificidade cultural, que cruza as tradições alentejanas, com as da Andaluzia e da Extremadura Espanhola. Neste contexto, António Tereno revelou ao "Preto no Branco", que a Câmara que preside está a avançar com uma candidatura conjunta, com a CCDRA, EDIA, ERT Alentejo e Direcção Regional de Cultura, para reabilitar o que foi o Município de Noudar, abrindo ao visitante a sua vila medieval. Acrescentou que este é um grande projecto, que espera ver concretizado, em breve, e que tem como objectivo fazer um melhor aproveitamento do Parque de Noudar, no concelho de Barrancos.

Sendo um território de baixa densidade e com pouca população, Barrancos está a apostar nestas, e noutras estratégias, no sentido de contribuir para a fixação de jovens e para o desenvolvimento do concelho, afirmou, igualmente, o presidente da autarquia barranquenha, António Tereno.


Comente esta notícia