O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios visa promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e proteção.

No âmbito desta data, o Museu Regional de Beja sugere uma visita guiada à Igreja de Santo Amaro, Núcleo Visigótico, classificada como Monumento Nacional desde 1936, e aos seus espaços envolventes, terminando depois no Núcleo da Rua dos Infantes, onde está patente uma exposição de fotografia de Vergílio Correia, estudioso da referida Igreja. A visita tem início marcado para as 10.00 horas, começa na Porta Principal da Igreja de Santo Amaro e termina, hora e meia depois, no Núcleo Expositivo da Rua dos Infantes. Na parte da tarde, as duas visitas repetem-se, a partir das 14.30 horas.

Em Vidigueira, as comemorações são feitas centrando atenções no tema: “Património: de geração para geração” e sugere visitas guiadas e gratuitas ao Museu Municipal de Vidigueira.

Em Cuba celebra-se, igualmente, esta data com um “peddy-paper” e visitas guiadas "à descoberta dos monumentos e sítios", com as crianças do agrupamento de escolas do concelho, a partir das 10.00 horas.

A Câmara Municipal de Serpa também se associa a esta data com a realização da iniciativa “Serpis de Serpa: do mito à lenda”. A ideia é destacar a lenda da fundação de Serpa e da sua serpente alada, através de uma conferência, a cargo de Filomena Barata, da Direção Geral do Património Cultural-Museu Nacional de Arqueologia, com o título “Da Serpe ao Mito” e através de leituras de algumas Lendas de Serpa, por alunos da Academia Sénior de Serpa. As actividades, que no final incluiem um momento de discussão e debate, decorrem, a partir das 18.30 horas, na Sala Polivalente do Museu Municipal de Arqueologia, situado no Castelo.



Comente esta notícia