manifestação de enfermeiros
Enfermeiros de vários pontos do País são esperados, a partir das 11.00 horas, numa concentração que vai decorrer em frente ao Ministério Saúde.
Este protesto, decretado pelo SEP-Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, coincide com o segundo e último dia de greve. Uma paralisação que surgiu devido ao aumento do horário de trabalho de 35 para 40 horas semanais e para exigir que o Ministério da Saúde se mostre disponível para negociar um caderno reivindicativo entregue há dois meses.
Edgar Santos, coordenador do SEP no Alentejo, espera que os enfermeiros desta região marquem presença na concentração.

Comente esta notícia