Hospital de Beja
Os comunistas voltam a insistir na questão porque continuam sem respostas e até já tinham questionado directamente o Ministro da tutela sobre o mesmo concurso, no início de Março.

A não referência ao método de selecção e a falta de cumprimento do prazo de apresentação de candidaturas tinham sido algumas questões colocadas pelo PCP, agora juntam-se outras preocupações como as discrepâncias entre as listas já publicadas dos candidatos admitidos, excluídos e a lista final.

João Ramos, deputado do PCP eleito por Beja, afirma que são problemas que requerem respostas concretas por parte do Ministério da Saúde.

Ainda segundo, João Ramos é inadmissível o silêncio do Ministério da Saúde sobre esta questão e garante que vai continuar a pressionar para obter respostas.


Comente esta notícia