ovibeja
O certame, que se prolonga até 2ª feira, dedica esta edição à Promoção Internacional dos Produtos Agro-Alimentares da região, como um dos temas principais do evento.

A Comissão Organizadora da Ovibeja, a ACOS-Agricultores do Sul, está a preparar várias acções, interligadas entre diferentes espaços, dedicadas à promoção e processos de internacionalização dos produtos agro-alimentares do Alentejo.

Patente em diversas áreas da grande feira do sul, a temática da internacionalização apresenta-se, como grande novidade, no "Espaço AgroAlentejoExport" com grande incidência nos produtos de origem animal, no potencial das raças autóctones, e do ecossistema do Alentejo como garante de qualidade dos produtos. Este espaço inclui também a programação de conferências, com a participação de peritos nacionais e internacionais. Para além do Espaço AgroAlentejoExport, a temática da internacionalização vai estar patente no Pavilhão da Pecuária e no Pavilhão Terra Fértil-Mostra de Inovação Agrícola e Agribusiness. As declarações são de Rui Garrido, presidente da ACOS-Agricultres do Sul.

Outro destaque, vai o 7º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra-Prémio CA Ovibeja, tem como propósito estimular a cultura de excelência dos azeites nacionais como passaporte para a internacionalização. Ao reunir o melhor de "todo o Alentejo deste mundo…e mais além!", a 34ª edição da Ovibeja volta a contar com a presença de comitivas políticas, delegações empresariais e representações diplomáticas internacionais e as expectativas da organização são, segundo Rui Garrido, as melhores.


As "ovinoites" são uma referência e um ponto de passagem obrigatório, Orelha Negra, Miguel Ângelo, Sangre Ibérico, Agir e Anselmo Ralph prometem encher a arena multiusos.


Comente esta notícia