João Português

Em linhas gerais, a intervenção pretende requalificar os equipamentos técnicos, que se encontram obsoletos e com bastante desgaste e melhorar significativamente o seu desempenho energético, garantindo outros aspetos positivos, como a diminuição dos custos, o conforto dos ocupantes e as condições de utilização do Edifício.

O presidente da Câmara Municipal de Cuba, João Português, explica a candidatura efetuada e o que se pretende alcançar com a mesma, frisando que a vertente energética também está contemplada e que isso se vai refletir na fatura a suportar pelo Município.

A operação terá um custo total a rondar os 127 mil euros e a ser aprovada a candidatura será cofinanciada em mais de 65 mil euros, ou seja 51,96%, pelo FEDER.


Comente esta notícia