Monte da Rocha

São nossos convidados nesta emissão, José da Luz, presidente da Associação de Agricultores do Campo Branco, Joaquim Capoulas, presidente da Associação de Produtores de Bovinos, Ovinos e Caprinos da Região de Montemor-o-Novo (APORMOR) e Fermelinda Carvalho, presidente da Associação dos Agricultores do distrito de Portalegre (AADP).

Em janeiro, Portugal continental registou um aumento da área em seca meteorológica, devido aos baixos valores de precipitação naquele mês, classificado como muito seco.

De acordo com índice meteorológico de seca (PDSI) do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a 31 de janeiro verificou-se um aumento da área em seca meteorológica em relação ao final do mês de dezembro.

A seca meteorológica está diretamente ligada ao défice de precipitação, quando ocorre precipitação abaixo do que é normal.

Quanto à chuva, o IPMA adianta que o valor médio da quantidade de precipitação (57,3 milímetros), corresponde a cerca de 50% do valor normal, sendo o 6º janeiro mais seco desde 2000.

A 31 de janeiro, 34,5% de Portugal continental estava em classe de seca moderada, 59,5% na classe de seca fraca e 6% na classe normal.

“Agricultores do Sul” para ouvir hoje, a partir das 18.00 horas, em 104.5FM ou, através da emissão online, em: http://www.vozdaplanicie.pt/programas/28 .


Comente esta notícia