Protesto Rio de Moinhos

O dia exacto da semana ainda não foi escolhido, mas a decisão de ir a Lisboa foi tomada porque, segundo o presidente da Câmara de Aljustrel, a DGEST - Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares não recebeu condignamente a população de Rio de Moinhos, não dialoga com a autarquia e continua a ter uma atitude irresponsável relativamente a esta questão.

Os pais dos 15 alunos da Escola de Ensino Básico de Rio de Moinhos mantêm-se irredutíveis e continuam a reivindicar a reabertura deste estabelecimento de ensino. Recorde-se que há mais de uma semana que estes alunos estão sem aulas e que o transporte dos mesmos para o Centro Escolar Vipasca, em Aljustrel, continua sem estar assegurado.


Comente esta notícia