incendio pasto seco

O detido, é trabalhador rural, natural de Serpa, com antecedentes criminais pelos crimes de furto e incêndio florestal e com pena suspensa por ter sido condenado por aquele ilícito.

Segundo um comunicado da PJ, o fogo ocorreu no dia 28 de Julho, ao final da tarde, na berma da Estrada Nacional 258, junto à barragem de Pedrogão. A detenção, refere o comunicado, foi efectuada através da Directoria do Sul da PJ por existirem “fortes indícios” de o homem “ter ateado, por ignição directa, um incêndio à vegetação existente, constituída por pasto rasteiro, seco e de fácil combustão”.

De acordo com a PJ, as “elevadas temperaturas, o baixo teor de humidade e o vento aliados às matérias combustíveis ali existentes, eram susceptíveis de contribuir para propagar de forma intensa o incêndio” que só não teve consequências graves devido à pronta intervenção dos bombeiros




Comente esta notícia