COVID19

São 73 o número de casos positivos por COVID-19 no Alentejo. 

Foi confirmado pelo Município de Serpa, a existência de 11 casos positivos, neste concelho, e o boletim da DGS continua a anunciar, apenas, 3. Ao final do dia de ontem, a Câmara de Mértola anunciou, também, a existência de 1 caso confirmado no concelho mertolense e a autarquia de Cuba divulgou, igualmente, o primeiro caso positivo no concelho cubense.

Significa, então, que o Alentejo regista 73 casos positivos e não 63 como avança a DGS. Nas últimas 24 horas, a região contabilizou, portanto, mais 10 casos confirmados.

Ontem, dia 3, a DGS anunciava o 1º óbito registado no Alentejo, mas hoje esse dado já não consta do boletim. A DGS esclareceu que o óbito registado, nesta região, veio a confirmar-se como COVID negativo, ou seja, a causa da morte dessa pessoa não foi pelo novo coronavírus. Significa, então, que no Alentejo, até à data, não há óbitos a lamentar. 

Têm sido verificadas «variações nos dados, incluindo os óbitos, na sequência da correção da informação que tem sido reportada”, admite a Direção Geral de Saúde.

No que diz respeito à caracterização demográfica dos casos confirmados, a DGS, apenas, divulga os concelhos com mais de três casos confirmados, “por motivos de confidencialidade”.

Assim, além dos 11 casos registados em Serpa, de acordo com o boletim apresentado, hoje, os concelhos com mais casos registados, no Alentejo, são: Évora (15); Reguengos de Monsaraz (7); Santiago do Cacém (6); Sines (4); Grândola (3) e Beja (3).

Os restantes casos confirmados estão distribuídos por concelhos onde, ainda, se verificam menos de 3 casos.

A nível nacional, o último balanço da DGS regista mais 638 casos confirmados, ou seja, no total, há oficialmente, em Portugal, 10524 pessoas infetadas pela COVID-19.

O relatório dá, ainda, conta de 266 vítimas mortais, mais 20 do que ontem. Há ainda a registar 7 casos recuperados, ou seja, no total, o número de casos recuperados é de 75.

 


Comente esta notícia