pomba branca

Inicialmente chamado somente de Dia da Paz, a celebração foi criada pelo Papa Paulo VI em Dezembro de 1967. Desde essa altura, o primeiro dia do ano passou a celebrar o Dia Mundial da Paz. É assim desde 1968.

O tema escolhido, para este ano, pelo Papa Francisco, tem por base a ideia que a responsabilidade política pertence a todo cidadão, em particular a quem recebeu o mandato de proteger e governar. E esta missão consiste em proteger o direito e encorajar o diálogo na sociedade, entre as gerações e culturas. “Não há paz sem confiança recíproca”.

É também destacado que quando o homem é respeitado em seus direitos, brota nele o sentido de dever respeitar os direitos dos outros. “Somos, portanto, convidados a levar e anunciar a paz como a boa notícia de um futuro onde cada vivente será considerado na sua dignidade e nos seus direitos”.






Comente esta notícia