Encontro Culturas - Serpa

Neste fim-de-semana, em Serpa, estão reunidas todas as condições para todas as pessoas que quiserem visitar a cidade, e o concelho, aproveitarem a vasta oferta cultural do Festival Musibéria. As declarações são de Tomé Pires, presidente da Câmara Municipal de Serpa.

Neste que é o segundo dia de Festival, o Jardim Municipal acolhe pelas 11.00 horas um espetáculo de marionetas. Às 16.00 horas, na Casa do Cante, é inaugurada a exposição de desenho e pintura “Terra Sagrada do Pão”, de Flávio Costa. Segue-se a apresentação dos espanhóis Charanga Si o Ké, com animação circulante pelas ruas do centro da cidade.

O espanhol Óscar Ibáñez e Tribo sobem ao palco das Escadas de Santa Maria, pelas 19.00 horas, e pelas 20.00 horas o Palco do Castelo, recebe a Companhia de Canto Popular que apresenta, pela primeira vez ao vivo, o trabalho gravado em Serpa.

A noite termina da melhor forma, com um espetáculo de Dino d’Santiago, que arrecadou as distinções para "Melhor Álbum", "Melhor Artista Solo" e "Prémio da Crítica" dos prémios Play (Música Portuguesa). Trabalhando a tradição cabo-verdiana com o peso contemporâneo da eletrónica com cunho de Lisboa, Dino D` Santiago tem recebido as mais elogiosas críticas ao seu álbum de "Mundu Nôbu".


Comente esta notícia