SIMBOLO DA DORBE DO PCP

Com efeito, prossegue o documento enviado à nossa redacção, o governo PSD/CDS ataca de forma violenta o SNS, procurando desferir-lhe um duro golpe com a publicação da Portaria 82/2014 de 10 de Abril, um rude golpe desferido no direito constitucional à saúde. Além de pretender desmantelar a rede hospitalar, estas medidas vão contribuir para um maior isolamento das populações do Alentejo, além de intensificar a desertificação da região.

A DRA do PCP observa que, a concretizar-se a execução desta Portaria, o Alentejo vê desaparecer dois hospitais distritais (Elvas e Serpa) assim como a desqualificação dos hospitais agora classificados para nível I (Portalegre, Beja e Litoral Alentejano) além de até Dezembro de 2015 perderem a valência de obstetrícia, o que implica o encerramento das suas maternidades.

A DRA do PCP, perante tão grave situação, decide apelar às populações, aos profissionais de saúde, aos utentes, para que seja intensificada a luta em defesa do SNS.


Comente esta notícia