Comboio Beja

“Os Verdes” recordam que a luta pela eletrificação deste troço é antiga para este partido, e para a população do distrito, frisando que está é uma vitória de todos os que têm defendido este projeto estruturante.

O deputado José Luís Ferreira, do Partido Ecologista “Os Verdes”, explica o que significa esta decisão, revelando que o mesmo quer dizer que esta proposta consta agora do OE para 2019, numa regra/norma em que o Governo assume como prioridade a eletrificação da linha ferroviária Beja/Casa Branca.

José Luís Ferreira frisou, ainda, que está é uma boa notícia para o distrito que vê assim concretizada uma aspiração antiga e para o meio ambiente, tendo em atenção que o comboio é o meio de transporte menos poluente.

Em nota de imprensa, o deputado do PS, eleito por Beja, avança que votou favoravelmente esta proposta do PEV, assim como o Grupo Parlamentar do seu partido. Pedro do Carmo afirma que este é um passo muito importante para a região.

Na justificação da proposta do PEV pode ler-se que “no momento em que está mais que comprovado, do ponto de vista científico, que as alterações climáticas vão afetar o Alentejo, o combate à interioridade nesta região passa por escolhas acertadas, nomeadamente o investimento e desenvolvimento da ferrovia” e que “por isso, é urgente estabelecer a ligação ferroviária direta entre Lisboa e Beja e criar as condições para a reposição da ligação Beja/Funcheira, como um dos exemplos concretos e estratégicos para combater a interioridade, numa região de baixa densidade populacional, assim como para servir de redundância à linha ferroviária do Sul”. Acrescenta, igualmente, que “estes investimentos são de extrema importância como facilitadores da mobilidade dos cidadãos no distrito e no país, sendo também potenciador do aeroporto de Beja como polo de atração de empresas, desenvolvendo o turismo e demais atividades, potenciando a criação de postos de trabalho, ajudando à fixação de pessoas no concelho e no distrito, promovendo o desenvolvimento económico, social e ambiental.”


Comente esta notícia