Locomotiva

A Voz da Planície questionou o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, por email enviado ao assessor de imprensa do ministro Pedro Marques, e perguntou se o Plano Ferrovia 2020 prevê a eletrificação da linha ferroviária Beja/Casa Branca?. O gabinete do ministro do Planeamento e das Infraestruturas respondeu que "não está prevista."

As explicações foram um pouco mais além, tendo em atenção que na resposta enviada é referido que "os investimentos ferroviários em curso são realizados sob forte condicionamento dos critérios de atribuição dos fundos europeus" e que "estes fundos apenas podem ser aplicados em projetos para os quais as instituições europeias considerem haver uma análise custo-benefício positiva."

Explicações dadas, a comunicação deixa claro ainda, que "os restantes investimentos na rede ferroviária têm de ser concretizados através do Orçamento do Estado, com as restrições que são bem conhecidas" e que "o Governo desenvolve atualmente um debate sobre o próximo ciclo de investimento (2020/2030), no quadro do qual esse projeto poderá ser previsto", referindo-se à modernização da linha Beja/Casa Branca.

A resposta esclarece também, que os episódios registados nas ligações Beja/Casa Branca/Beja - relacionados com supressão de horários, atrasos e substituições de comboios por autocarros - "prendem-se, especialmente, com o material circulante e não com a infraestrutura", referindo contudo, que o Governo está a negociar com a CP, a substituição dos equipamentos que estão em circulação.

A Voz da Planície quis saber, igualmente, se está em cima da mesa o encerramento da ligação ferroviária Beja/Casa Branca e a tutela respondeu que "o Governo não prevê o encerramento de qualquer troço ferroviário. Antes pelo contrário: a atual Administração da CP tem como uma das orientações dadas pelo Governo o reforço da coesão territorial. Ainda recentemente, foi reposta a circulação diária de comboios na Linha do Leste."

Nota: Foto tirada do facebook do Beja Merece+


Comente esta notícia