Emir Kusturica

Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra são um fenómeno significativo do movimento anti-globalização e um paradoxo único do ambiente em que surgiram. 

Emir Kusturica, apesar do grande êxito internacional que tem obtido como cineasta - repetidamente premiado nos festivais de Berlim, Veneza, Cannes e muitos outros -, tem mantido a carreira paralela como músico da No Smoking Orchestra, cuja música tem utilizado como banda sonora dos seus filmes. 

Os Tubarões, um dos grupos mais emblemáticos da história da música cabo-verdiana tornaram-se famosos pela suas mornas, coladeiras e funaná. 

Outra das novidades desta edição do Festival é a participação do artista português Bordalo II, conhecido por criar "imagens com o que destrói o mundo". Olhos de mocho, a obra que construiu no Wool - Festival de Arte Urbana da Covilhã - está entre as melhores do mundo segundo a página Street Art News, que elegeu em 2014 as 25 obras de arte urbana espalhadas por todo o mundo (desde 2009). Beja passará a integrar o roteiro do artista que já expôs em várias capitais europeias e nos Estados Unidos da América em Las Vegas. 

Em Beja, as artes estarão na rua, de 16 de junho a 15 de julho. Para todos.


Comente esta notícia