Maria José Saraiva
Nascida na freguesia de Ervidel, concelho de Aljustrel, em 1952, no seio de uma família humilde e simples, ligada à terra, Maria José Saraiva Gaspar Gonçalves foi uma aluna exemplar e, cedo, demonstrou aptidão para as letras, principalmente para a poesia. Ao longo da vida participou em diversos eventos e encontros poéticos, e aos 44 anos, concorreu à Universidade Moderna e quase concluiu o Curso de Direito. Participou em várias antologias poéticas, tendo em 2014, publicado "Ecos da Alma", numa edição de autor.

Em "Palavras sem Voz", obra que agora apresenta em Aljustrel, a poetisa "viaja o mundo escrevendo. As suas palavras vivem o amor, o riso e o choro, a simplicidade da vida quotidiana na pacata aldeia que a acolhe".

Esta tarde, Maria José Saraiva conversa com o público sobre a sua obra, num encontro de palavras e música, que conta com a actuação da fadista Sandra Guerreiro.

Comente esta notícia