Encontro de Culturas 2019

Tomé Pires releva o facto, de por estes dias, quem participa no festival poder ter contacto com os vários projetos que são desenvolvidos no território e frisa que neste primeiro dia se podem conhecer as diversas iniciativas que são desenvolvidas no Musibéria.

Neste primeiro dia de festival, os cinco espetáculos que estão agendados realizam-se todos no Espaço Musibéria. As propostas passam pelo argentino Santiago Arias; José Valente, com o CD “Serpente Infinita”; Paulo Ribeiro & Os Camponeses de Pias, com o CD “É assim… uma espécie de cante”, o brasileiro Luiz Gabriel e a Orquestra Latinidade, com músicos de várias nacionalidades. De realçar que todos os músicos que se apresentam, em palco, no primeiro dia do evento estão ligados ao espaço Musibéria, através de residências artísticas, parcerias musicais ou gravações de CD.

Excertos da entrevista concedida por Tomé Pires, presidente da Câmara de Serpa, a propósito do Festival Musibéria – Encontro de Culturas, que começa hoje e que se prolonga até domingo. Uma entrevista para ouvir, nesta sexta-feira, no espaço “A semana vista por...”, no jornal das 17.00 horas.


Comente esta notícia

Galeria de fotos