Serpa

O grande objetivo desta 16.ª edição é retomar o conceito de festa cultural, com enfoque na diversidade cultural ibérica, promovendo a inclusão das comunidades migrantes. Neste contexto, Tomé Pires, Presidente da Câmara Municipal, explica que 16 anos depois, o evento ganha assim, com estas novas características, identidade, ou seja a marca distintiva do mundo ibérico e da sua influência.

A atuação, na 6ª feira, da Orquestra Latinidade, o concerto, no sábado com Dino d’Santiago e o espectáculo, no domingo, de Pedro Abrunhosa são os principais destaques destes três dias de festival, em que a cidade de Serpa apresenta vários palcos espalhados por locais emblemáticos. Neste festival, residentes e visitantes são convidados a ouvir música de vários países. Ao palco principal que está instalado na Praça da República, juntam-se as Escadas de Santa Maria, Castelo, Musibéria, Jardim Municipal, Nora e Casa do Cante.


Comente esta notícia

Galeria de fotos