CTT
Amanhã, a partir das 10.00 horas, realiza-se uma concentração junto à Estação dos Correios de Ervidel. Esta acção, que surge devido à "ameaça" de encerramento da Estação, vai juntar para além da população, a Junta de Freguesia, a Câmara Municipal de Aljustrel, a Comissão de Utentes da Estação de Correios de Ervidel e o Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações.

Manuel Nobre, presidente da Junta de Freguesia, garante que esta medida não vai ser aceite de ânimo leve e que ninguém vai baixar os braços perante uma decisão unilateral e desastrosa.

Ainda segundo Manuel Nobre esta não é uma situação nova, desde 2006 que tem havido essa intenção por parte da administração da empresa mas a população manteve-se firme nas suas convicções e na defesa dos seus legítimos direitos. Manuel Nobre reafirma que a junta continua a repudiar, como tem feito sempre, o encerramento de qualquer serviço público, ainda mais, quando se trata de uma empresa que apresenta anualmente lucros "chorudos" e no caso da estação de Ervidel teve, entre 2007 e 2011, um aumento de receitas de 48%

A luta não se esgota na concentração de amanhã, por estes dias também já está a circular um abaixo assinado a contestar o encerramento da Estação de Correios de Ervidel.


Comente esta notícia