escola cuba obras
A intervenção prevê a substituição do material de revestimento e de impermeabilização do edifício, no sentido de resolver os problemas de infiltrações que afectam a estrutura.

A realização da obra naquele edifício, património da propriedade do Ministério da Educação, vem no seguimento de uma série de diligências efectuadas pela autarquia de Cuba junto dos Serviços Regionais do Alentejo da DGEstE. O acordo firmado em Setembro deste ano veio estipular a transferência do montante de 220 mil euros do Ministério da Educação, através do PIDDAC, para o município de Cuba e este substitui-se ao proprietário do Edifício, lançando o concurso público de empreitada para reparação da cobertura.

João Português, presidente da Câmara Municipal de Cuba, afirma que este era um problema que se arrastava há já 10 anos.

Ainda segundo, João Português a empreitada abrange uma área de 3800 m2 e até ao final do ano as obras deverão estar concluídas.

Comente esta notícia