Lena d'Água

Lena d’Água transporta na voz a intemporalidade e irreverência próprias dos verdadeiros símbolos da música portuguesa. Com uma rara capacidade criativa, Lena d’Água reinventa e revisita canções de sempre num espetáculo intimista, de grande proximidade e partilha com o público, que ganha novas cores e melodias em parceria com o músico madagascarense, Tahina Rahary.

Lena d’Água nasceu em Lisboa em 1956 e estreou-se numa banda em 1976, sendo a primeira mulher em Portugal vocalista de rock, integrando o grupo Beatnicks.

A solo gravou dois discos para crianças - Qual é Coisa Qual é Ela? (1979) e Ou Isto ou Aquilo (1992) e variados outros: Sem Açúcar (1980), Perto de Ti (1982), Lusitânia (1984), Terra Prometida (1986), Aguaceiro (1987), Tu Aqui (1989), As Canções do Século (1994), Sempre, ao vivo no Hot Clube (2007) e Carrossel (2014).

Editou um livro de poemas da sua juventude, A Mar Te (1984) e outro sobre o seu Pai - ídolo de multidões nos anos 50 - José Águas o Meu Pai Herói (2011). Marco incontornável da música portuguesa, Lena d´Água funda em 1980, com Luís Pedro Fonseca e José da Ponte, a banda Salada de Frutas que dá origem a um sem número de canções intemporais que se tornaram genuínos ícones da música e cultura portuguesas das últimas décadas.

Com uma capacidade criativa sempre em ebulição, Lena d´Água lançou um novo registo de originais discográfico em 2019 com o título "Desalmadamente".


Comente esta notícia