Mel

Pecuária, agricultura, turismo, artesanato, gastronomia e um intenso programa de animação serão os pontos fortes do certame.

A FACECO será a montra das capacidades do território odemirense, patentes nas diversas atividades económicas, sociais e culturais, representadas por diversos expositores.  

Este ano, a Associação de Apicultores do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina promove o 20º Concurso de Mel, no sábado, dia 20, pelas 10.45 horas, no Espaço Showcooking.

Fernando Duarte, presidente da Associação, explica que este “concurso quase tão longo quanto a FACECO” pretende promover o mel junto do consumidor” e, por outro lado, “incentivar o aumento de qualidade na produção do mel”.

Paralelamente, no mesmo espaço e, também, no sábado, às 18.00 horas, vai decorrer o 14º Concurso Infantil de Mel. Fernando Duarte revela que, através desta iniciativa, se pretende mostrar aos mais novos os vários tipos de mel e, por outro lado, demonstrar-lhes a importância do consumo do mel.

O presidente da Associação de Apicultores do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina faz o ponto de situação da apicultura neste território, dizendo que nos últimos anos tem-se registado um aumento de explorações apícolas e de pessoas que iniciaram a atividade. Contudo, Fernando Duarte frisa que, este ano, a produção é mais baixa em termos de quantidade, agravada pelo baixo preço do mercado internacional.


Comente esta notícia