CARTAZ FINAL FEIRA DA ÁGUA

O vereador da Câmara de Beja, entidade responsável pela organização do evento, em parceria com a ACOS - Agricultores do Sul e a Alentejo XXI, avançou que, inicialmente, as expectativas apontavam para a participação de 80 expositores, todos relacionados, directa ou indirectamente, com a temática, mas que a uma semana de começar o evento, as inscrições já estão fechadas e representam 100 participações, em que mais de 50 por cento das empresas são da região.

Dinamizar o tecido empresarial, apostando na promoção e divulgação da nova realidade que a introdução do regadio do Alqueva na região representa, foi um dos objectivos da criação da Feira da Água e foi amplamente alcançado, frisou Manuel Oliveira. Rentabilizar o Parque de Feiras e Exposições de Beja é outro dos propósitos, que o evento preenche, mas a autarquia bejense quer mais para este espaço e o vereador revelou que vai ter mais realizações, para além das anunciadas, ainda este ano.

Apesar de parecer à partida um evento direcionado, o vereador da Câmara de Beja garantiu que há motivos de sobra para cativar a visita também, do público em geral, pela forte componente de animação que a Feira da Água oferece.

A Feira da Água realiza-se nos dias 21, 22 e 23 deste mês e nesses três dias o cante alentejano vai soar pelo Parque de Feiras e Exposições de Beja, através da participação de mais de uma dezena de grupos. Os Bubedanas e os Sonido Andaluz animam as noites de sexta e de sábado, respectivamente, e há, entre muitas outras opções de diversão, para grandes e pequenos, voos cativos em balão de ar quente..


Comente esta notícia