2017 feira do campo
O certame, que tem como cenário o Parque de Exposições e Feiras, procura demonstrar a qualidade dos produtos locais, captar a atenção de potenciais investidores, mostrando as mais-valias daquele concelho alentejano, bem como publicitar a dinâmica empresarial local e as condições que Aljustrel dispõe para acolher novas empresas.

No âmbito, da Feira do Campo, realiza-se, hoje, o colóquio do Encontro Ibérico-Regadio e Sustentabilidade que, este ano, na sua sétima edição, apresenta como tema "Desafios e Oportunidade da Agroindústria do Roxo". Este encontro realiza-se, na Herdade da Granja, num momento que inclui também a inauguração, de manhã, do lagar desta empresa agrícola do concelho de Aljustrel. Ainda no âmbito deste evento, é inaugurada, de tarde, a Unidade de Produção de Cogumelos, do Monte da Minhota, no Carregueiro.

Nelson Brito, presidente da autarquia de Aljustrel, destaca o investimento, o negócio, aquilo que se faz no concelho ao longo do ano e que é bem visível na Feira do Campo Alentejano.

Uma nova capacidade do concelho, com novas oportunidades, que em muito se deve à água de Alqueva, como afirma Nelson Brito.

Colóquios, mostra de gado, artesanato, produtos regionais, tasquinhas e espectáculos com destaque para as presenças de Pedro Abrunhosa&Comité Caviar, esta noite, e Diogo Piçarra, amanhã, são algumas propostas do programa da Feira do Campo Alentejano, em Aljustrel.






Comente esta notícia