FEIRA DO QUEIJO DO ALENTEJO 2014

O destaque da Feira do Queijo do Alentejo recai nos agentes ligados à produção do queijo em Serpa, considerado o ex-libris da gastronomia local, reunindo todo o sector numa grande mostra, para a qual são convidados os vários produtores. A par do Queijo Serpa são ainda convidados produtores de todo o País. A par dos queijos, estão, igualmente, outros produtos do concelho e da região, concretamente o vinho, o azeite, os enchidos, o pão, o mel, a doçaria conventual e o artesanato.  

O Queijo Serpa é uma das imagens da Terra Forte, e a Feira que lhe é dedicada é considerada pela autarquia como "um investimento sério na dinamização da economia da região, através da promoção dos produtos endógenos, contribuindo e reforçando o potencial turístico e a identidade local". Neste contexto, o presidente da Câmara Tomé Pires, explica à Voz da Planície, o primeiro objectivo da Feira, que passa pela valorização do Queijo Serpa e de outros produtos de qualidade do concelho.

No que se refere ao reforço do potencial turístico e à identidade local, o autarca de Serpa Tomé Pires destaca os inúmeros visitantes que o certame atraí, anualmente, assim como a forma como promove o cante alentejano e a gastronomia local, presenças obrigatórias na Feira do Queijo do Alentejo.

A Feira do Queijo do Alentejo abre as suas portas ao público nesta sexta-feira de manhã e oferece também uma vasta programação cultural, da qual destacamos, o cante alentejano, a música tradicional e as actividades ligadas ao queijo como a tosquia e o ateliê do queijo. Os produtos tradicionais são também protagonistas das demonstrações culinárias a decorrer em vários horários. Paralelamente há animação circulante, a mostra e concurso do Cão da Serra de Aires, demonstrações equestres, um espaço infantil e tasquinhas com petiscos locais.

 


Comente esta notícia