Feira do Queijo Serpa 2016

Tomé Pires, presidente da Câmara de Serpa, entidade responsável pela realização deste certame, considera que a Feira deste ano vai cumprir bem, as suas missões até ao final do dia de amanhã e frisou que este certame tem um impacto significativo na economia local, especialmente para os pequenos produtores que aproveitam bem, nestes dias, as oportunidades de negócio que vão surgindo.

Isto mesmo assegurou à Voz da Planície Jaime Braga, da Queijaria Cruz da Cigana, que está a participar na Feira, dizendo que estes dias de realização do certame são muito importantes para escoar produto.

No certame deste ano está a ser realizada a 2ª edição do concurso "O melhor queijo da Feira do Queijo do Alentejo", promovido em parceria com a Escola Superior Agrária de Beja e neste sábado, no CADES (Centro de Apoio ao Desenvolvimento Económico de Serpa) a manhã é dedicada à avaliação de algumas categorias, com o seguinte painel de provadores: Jaime Lopes (Confraria do Queijo de Serpa), Miguel Lopes (antigo Queijeiro), Maria Cândida Marramaque (Engenheira, Assessora Técnica ANIL), João Mário Caldeira (Professor e escritor), Paulo Barriga (Diretor do Diário do Alentejo), Manuela Pintado (Professora Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa), Jose Bengaló (Chef), Luis Féria (Caixa de Crédito Agrícola de Serpa), José Henrique Carapinha (antigo Queijeiro), João Cavaleiro Ferreira (Turismo do Alentejo, ERT) e Margarida Pereira (Diretora Escola Superior Agrária de Beja).

Amanhã, dia 28, no Espaço Colóquios da Feira do Queijo, às 15h00, é feita a divulgação dos resultados e entrega dos prémios deste ano.

Na Feira do Queijo do Alentejo o cante alentejano volta a ecoar neste sábado, pelas ruas do certame, a partir das 16.30 horas. Hoje cantam e desfilem na Feira, 7 grupos corais do concelho de Serpa.


Comente esta notícia