Manifestação Professores

A FENPROF realiza, hoje, um Plenário Nacional Descentralizado, nesta região a iniciativa é dinamizada pelo Sindicato de Professores da Zona Sul que promove reuniões em vários locais da sua área de intervenção. Na cidade de Beja o plenário realiza-se, na Escola Secundária Diogo de Gouveia, a partir das 17.00 horas.
Fazer o balanço do processo de luta em curso, o ponto de situação das reuniões com o Ministério da Educação e a continuidade da luta dos professores, te do por base os objectivos definidos são os principais temas  a abordar.
Os sindicatos já fizeram saber que a luta poderá prolongar-se por tempo indeterminado se o Ministério tutelado por Nuno Crato continuar a fazer "orelhas mocas" às reivindicações dos docentes.
A mobilidade especial e o aumento do horário de trabalho dos docentes são as principais reivindicações mas o protesto surge ainda devido aos "despedimentos", contra os cortes salariais e em defesa da escola pública e das demais funções sociais do Estado.

 

Comente esta notícia

Acabei de saber que Nuno Crato mandou cortar os dias de greve aos professores, saúdo esta decisão. Muito bem... Ao longo dos anos e independentemente dos Governos os professores e o Mário Nogueira nunca estão contentes. Julgam-se superiores aos restantes portugueses. A vossa formação não é mais importante que a minha, de engenheiros, médicos, agricultores, enfermeiros... Somos todos portugueses e, se o número de alunos diminuiu o número de professores tem obrigatoriamente de diminuir, por muito que custe... os meus impostos não têm que pagar a desocupados.

Gina Monteiro

30/11/-0001