Festival BD 2015 banner topo

Este é um Festival reconhecido a nível internacional, que atrai inúmeros visitantes a Beja, em especial no primeiro fim-de-semana do evento e em que este ano, a autarquia bejense está apostada em aproximar das freguesias rurais. Neste "Preto no Branco", a vereadora Sónia Calvário explicou como está a ser feita esta aproximação.

Até ao dia 14 de junho, a festa da BD invade vários espaços da cidade nesta XI edição em que o Festival aposta nos Concertos Desenhados e nesta sexta-feira, na noite de abertura são realizados três. Os autores e os músicos dos primeiros três concertos desenhados foram apresentados no "Preto no Branco" pelo mentor do evento, Paulo Monteiro.

O primeiro fim-de-semana volta a contar com a presença de autores da Bélgica, Brasil, Espanha, França, Polónia, Portugal e Roménia e a edição deste ano é composta por 17 exposições de banda desenhada que se espraiam pela Casa da Cultura, o núcleo principal do Festival, pelo Museu Regional de Beja, pelo Núcleo Expositivo do Museu Regional de Beja - Rua dos Infantes e pelo Pax Julia - Teatro Municipal.

Programa do dia 29 maio de 2015:

21h00

Inauguração.

Abertura das Exposições.

Lançamento do Splaft! nº11, catálogo do Festival.

Abertura do Mercado do Livro.

Abertura do Mercado Geek.

Abertura da Tenda do Modelismo.

Das 21h15 e até às 3h00

Tasquinha da BD - Refeições e petiscos. Comida típica e vegetariana.

21h30

Abertura das Exposições no MUSEU REGIONAL DE BEJA / TEATRO MUNICIPAL PAX JULIA / NÚCLEO EXPOSITIVO DO MUSEU REGIONAL DE BEJA - RUA DOS INFANTES - Até às 23h00

Na entrada da Casa da Cultura há às

22h00

GRUPO CORAL DE BEJA

22h15

Concertos Desenhados

TANGO PARIS com SUSA MONTEIRO

ERMO com ANDRÉ CAETANO

LOS WAVES com PEPEDELREY

DJ NUNO THRASHER

Na Bedeteca, 1º andar da Casa da cultura há às

3h00

Noite de Terror com a exibição do filme REC (2007) de Jaume Balagueró e Paco Plaza. Apresentação de Paulo Monteiro.

Intervalo para cear.

4h30

Encerramento do primeiro dia.


Comente esta notícia