sete sois sete luas

Segundo a autarquia castrense, neste ano de 2018 inicia-se uma nova etapa para consolidar a relação entre esta rede cultural e a comunidade local, estimulando o contacto regular entre culturas e em diferentes momentos, ao longo do ano. A ideia é proporcionar momentos de partilha, aprendizagem e descoberta, através da realização de workshops e de residências artísticas, para além de diferentes espectáculos e apresentações.

O Festival Sete Sois Sete Luas, sendo uma porta aberta para descobrir e conhecer as diferentes formas de expressão cultural do Mediterrâneo e do mundo lusófono, apresenta em Castro Verde, uma produção original que reúne músicos do Brasil, Grécia e Portugal, além de um espectáculo de circo acrobático de França e pintura e gastronomia de Marrocos, em três momentos muito distintos.

Esta XXVI edição do Festival Sete Sóis Sete Luas é promovida, por uma Rede Cultural de 30 cidades de 10 Países do Mediterrâneo e do mundo lusófono, nomeada,mente Brasil, Cabo Verde, Croácia, Eslovénia, Espanha, França, Itália, Marrocos, Portugal, Tunísia.

O diálogo intercultural, a mobilidade dos artistas dos Países da Rede, a criação de formas originais de produção artística com a participação dos criadores vindos dos Países da Rede são os principais objectivos do Festival.



Comente esta notícia