Fibra óptica

Terminado o levantamento de moradas e das infraestruturas aptas à passagem de cabos de telecomunicações, o projeto final da rede já foi submetido para apreciação dos serviços técnicos do Município. No total, está prevista uma cobertura de 2.854 habitações da vila.

A Câmara Municipal de Castro Verde e a DSTelecom estão empenhadas em conseguir, até ao final de 2018, o arranque dos trabalhos de implementação da rede.

Assim, o executivo da autarquia castrense “não pode deixar de assinalar publicamente este importante passo que, finalmente, permitirá a Castro Verde ter acesso a uma rede digital de nova geração, à semelhança do que já sucede nos concelhos vizinhos”.


Comente esta notícia