Filipe Máximo tem formação em guitarra, pela Universidade de Évora, mas começou o seu trabalho musical nos “Urtigões” e conta à Voz da Planície como tem sido o seu percurso na música.

Filipe Máximo para além da música erudita, tem influências de muitos outros géneros musicais e apresenta-se hoje, com uma guitarra e uma loop station, no concerto que explica como vai decorrer.

O concerto começa às 21.30 horas.


Comente esta notícia