operação Ano Novo

Prevenir a sinistralidade rodoviária, garantir a fluidez do tráfego e apoiar todos os utentes das vias, no sentido de lhes proporcionar uma deslocação em segurança são os principais objectivos.

Tendo em conta o resultado da sinistralidade rodoviária registada durante o ano de 2018 e, em particular, na quadra natalícia, a GNR está particularmente atenta às deslocações para e dos locais de diversão e de grande concentração de pessoas, os quais, devido às celebrações da passagem de ano, são muitas vezes associados a alguns excessos, o que poderá potenciar a ocorrência de acidentes e consequente sinistralidade grave.

Durante esta operação, estão empenhados militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais, que focam atenções na condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas, no excesso de velocidade, nas manobras perigosas, na incorrecta execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direcção e de cedência de passagem e na utilização indevida do telemóvel.





Comente esta notícia