PROJETO DO CENTRO DE PARALISIA CEREBRAL

Aquela piscina está parada há cerca de 5 anos, necessitando de muitas obras de reparação, tais como a impermeabilização do tanque, colocação de piso antiderrapante, renovação dos balneários e WC com material adaptado, cadeiras de banho adaptadas, elevador de acesso à piscina, entre outros.

Tratando-se de uma instituição Particular de Solidariedade Social e não dispondo de verba própria para a renovação destas infraestruturas, o Centro de Paralisia Cerebral de Beja está a apelar à responsabilidade social de empresas e particulares, para colaborarem nesta causa.

Em nota de imprensa, a instituição informa que se pode contribuir para o Gota a gota - "vamos encher este projeto", através de um NIB disponibilizado para este efeito e que se passam recibos dos donativos.




Comente esta notícia