António Costa

"É um momento muito difícil para todos nós percebermos que vamos ter de viver a Páscoa, este ano, de uma forma radicalmente diferente", disse o primeiro-ministro num programa televisivo, “dirigindo-se em especial aos emigrantes para este ano não viajarem para Portugal para estar com a família”. Nesta entrevista, António Costa frisou que “é muito importante proteger as pessoas mais velhas por pertencerem ao grupo de risco” e elogiou o comportamento dos portugueses durante este primeiro período de estado de emergência.

Nesta quinta-feira, o estado de emergência será prorrogado e conhecido, também, se serão adotadas novas medidas para mais um período de confinamento social.


Comente esta notícia