Enfermeiro

Nesta 4ªfeira, entre as 8.00 e as 12.00 horas, há greve dos enfermeiros que prestam serviço nas unidades de saúde do Alentejo, Beja, Évora e Portalegre. Recorde-se que os Sindicatos dos Enfermeiros Portugueses e da Região Autónoma da Madeira decretaram uma greve nacional entre 15 e 22 de Outubro, paralisações que acontecem diariamente, de forma faseada, nas várias regiões do País.

Edgar Santos, coordenador do SEP no Alentejo, afirma que foi entregue, em Junho, um caderno reivindicativo mas o governo continua a protelar as decisões. O aumento do horário das 35 para as 40 horas semanais é um dos motivos do protesto mas, segundo Edgar Santos, há mais.

Quanto à resposta que os enfermeiros vão dar ao apelo dos sindicatos, Edgar Santos está optimista e acredita que a greve vai ter uma boa adesão.


Comente esta notícia