Congresso Plantas Aromáticas

Durante todo o dia, diversos especialistas portugueses e internacionais discutem se esta é efectivamente uma alternativa sustentável para os territórios rurais.

Organizado pela Associação de Defesa do Património de Mértola, a segunda edição do encontro ibérico pretende potenciar a comercialização no mercado internacional das plantas aromáticas e medicinais e, em simultâneo, promover o intercâmbio entre produtores de diversos países. Os objetivos foram adiantados à Voz da Planície pelo presidente da ADPM, Jorge Revez.

Há dois anos foi realizado o primeiro encontro e desde essa data até hoje foi possível assistir a um aumento exponencial das exportações e das vendas no mercado interno, revela Jorge Revez.


Comente esta notícia

Galeria de fotos