III fÒRUM ANTÃO VAZ

Capitalizar conhecimento e capacidade de reflexão sobre a economia do vinho, centrando atenções nos vinhos de talha e na sua herança são os objetivos do Fórum Antão Vaz 2017, de acordo com Jorge Salvador, da Câmara de Vidigueira e da organização.

Jorge Salvador prosseguiu explicando como esta matéria vai ser abordada no Fórum Antão Vaz, apresentando a temática e os intervenientes do primeiro painel.

Jorge Salvador terminou deixando o tema e os objetivos do segundo painel e convidando todos a participarem no 3º Fórum Antão Vaz.

O 3º Fórum Antão Vaz é constituído por dois painéis, que contam com a participação de diversos especialistas para debaterem o tema: Vinhos de talha os novos desafios dos vinhos naturais face aos vinhos modernos.

O evento começa às 14.30 horas e na sessão de abertura participam Manuel Narra, presidente da Câmara Municipal de Vidigueira e Francisco Mata, secretário executivo da ATEVA.

No primeiro painel, dedicado ao tema: "Vinhos naturais e vinhos modernos duas identidades, métodos e tecnologias" intervêm o professor aposentado do Instituto Superior de Agronomia Virgílio Loureiro; Paulo Laureano, enólogo e empresário vitivinícola; Luís Carapeto, presidente da Direção da Vitifrades e seis produtores de vinho de talha dos concelhos de Vidigueira, Aljustrel, Cuba, Marvão, Mora e Moura.

No segundo painel sobre: "Da escolha do terroir à educação do gosto aliada à proposta enoturística" participa João Cavaleiro Ferreira, da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

O Fórum termina às 17.30, com uma prova de Antão Vaz e de Vinhos de Talha - Novas Colheitas.


Comente esta notícia