Exposição Estranhos Visitantes

Esta exposição, que vai estar patente até ao dia 20 de janeiro, reúne cerca de 25 pequenas pinturas, que ilustram a visão pessoal da autora sobre o lado mais sombrio e estranho do Homem.

Susa Monteiro vive em Beja, cidade onde nasceu em 1979. Estudou Realização Plástica do Espectáculo na Escola Superior de Teatro e Cinema. Durante alguns anos trabalhou como figurinista, caracterizadora e aderecista para o teatro e para o cinema.

Em 2009, com a inauguração da Bedeteca de Beja e do Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, onde é responsável pela linha gráfica e co-organizadora, deixa definitivamente as artes do espectáculo e passa a dedicar-se exclusivamente à banda desenhada e à ilustração.

Nos últimos anos ilustrou livros para diversos autores: António Torrado (Pato Lógico), Afonso Cruz (Alfaguarra), Susana Cardoso Ferreira (Oficina do Livro), Virginia Woolf (Bertrand), João Pedro Mésseder (Asa), Mª Teresa Maia Gonzales, Margarida Fonseca Santos e Rita Vilela (Verbo), Inês Barata Raposo (Bruáa), etc.). E ilustrou cartazes e panfletos para várias instituições e projectos (Casa da Música, Palavras Andarilhas, Almarte – Festival de Artes na Rua, La Guarimba International Film Festival, etc.)

Publica regularmente ilustrações e bandas desenhadas em vários álbuns, fanzines, jornais e revistas, entre os quais se conta o “Diário do Alentejo”. Tem exposto frequentemente o seu trabalho em festivais de Banda Desenhada e galerias individual e colectivamente.

Foi-lhe recentemente atribuído o galardão de melhor ilustrador português, no festival Amadora BD 2018, pelos desenhos do livro “Sonho”.


Comente esta notícia