Pedro Lamares

Este é um dos poemas mais marcantes do heterónimo Álvaro de Campos, lado a a lado com a “Ode Triunfal”. É nestas duas odes que Campos melhor expressa as suas ideias de força e agressividade, tão marcantes no seu período futurista e sensacionista.

Uma vez que ao nível da educação literária, Fernando Pessoa e os seus heterónimos constituiem áreas consideradas no programa/metas curriculares do ensino secundário, nomeadamente no 12º ano, o IPBeja entendeu facilitar a oportunidade de partilha deste texto, denso e longo, com a voz de Pedro Lamares e com todos os interessados naquilo que é o património português.

A “Ode Marítima” é um dos mais desafiantes textos da poesia portuguesa, uma viagem louca pelo Imaginário colectivo das viagens veleiras, pelo abismo da alma, pela crueldade no delírio. A leitura da Ode será integral, ao longo de cerca de 1 hora, despida de cenário e adereços. O texto, a voz e a luz.



Comente esta notícia