Iniciativa PCP reposição Freguesias

Esta foi uma iniciativa promovida pela DORBE - Direção Regional de Beja do PCP, no Largo da Igreja, e em que se ouviu, logo no início, Teresa Pires, do movimento cívico “Por Vale de Vargo Freguesia Sempre”, a recordar que “foi o Governo do PSD e CDS a retirar este direito à população, de ter a sua freguesia”, e que “está na altura desta exigência ser cumprida”.

Falou, também, Manuela Pica, a presidente da União das Freguesias de Vila Nova de São Bento e Vale de Vargo. Defendeu “a necessidade de serem repostas as freguesias de acordo com a vontade das populações” e de “ser cumprida a promessa feita no Congresso da ANAFRE sobre esta matéria”. Deixou claro que “estas duas freguesias estão unidas, mas querem voltar à sua antiga condição”.

Foi neste contexto que Jerónimo de Sousa recordou que “o PCP sempre se bateu pela reposição de freguesias” e disse que “está na altura de repor o que PSD e CDS retiraram e que o PS não quer restituir”. O secretário-geral do PCP frisou que “não vale a pena os partidos nas terras mostrarem-se a favor quando fazem o contrário no Parlamento, votando contra esta aspiração legítima das populações”.

Jerónimo de Sousa criticou, igualmente, o facto, de “partidos como o PS” terem “votado contra a proposta de regionalização que o PCP apresentou na Assembleia da República”. Deixou uma palavra de apreço à iniciativa realizada em Vale de Vargo e exortou “o PS a cumprir a promessa de voltar à questão da reposição de freguesias”.

À margem da iniciativa, o secretário-geral do PCP foi questionado sobre a situação que se vive em Portugal devido ao COVID – 19. Jerónimo de Sousa respondeu que “é preciso evitar alarmismos, que se espera um reforço de meios e profissionais para que o SNS dê resposta e que esta não seja uma oportunidade para retirar direitos aos trabalhadores”.

Jerónimo de Sousa vai regressar ao distrito de Beja, nesta sexta-feira, dia 13, para participar, na vila de Cuba, na conferência “O Alentejo tem futuro-Apoiar a base económica, reforçar os Serviços Públicos, criar emprego, aumentar a demografia”. Os trabalhos marcados para as 15.00 horas, vão decorrer na Biblioteca Municipal.


Comente esta notícia

Galeria de fotos