Encontro Beja João Cravinho

João Gomes Cravinho avançou à comunicação social presente, ontem, no âmbito da iniciativa: 4 ANOS # CUMPRIMOS, que independentemente do avanço do aeroporto do Montijo, Beja será o epicentro da Força Aérea Portuguesa, já em 2020 e que vai sair a formação de epsilons de Sintra para a cidade. Quanto à escola de pilotagem de aviões a jato deixou claro que está otimista porque a empresa canadiana interessada ficou de apresentar ao Governo português uma proposta estruturada, em setembro deste ano, e que isto significará 20 a 25 formandos por ano. Referiu, ainda, que o interesse em Beja para instalação desta escola, que será edificada de raiz, tem a ver com o facto, de haver muito céu azul e espaço aéreo descongestionado.

João Gomes Cravinho esclareceu, igualmente, que estava em Beja não para dar respostas, mas sim para fazer um balanço do que foi feito, nestes quatro anos de legislatura e para levar ao Governo as preocupações dos militantes do distrito. Frisou que a ferrovia vai merecer mais atenção na próxima legislatura e que se está na altura de avaliar, muito bem, o que se pretende ver no programa eleitoral do PS porque serão essas as matérias a incluir no programa do Governo.

Neste encontro com os militantes do PS do distrito, João Gomes Cravinho recordou que o PS ousou em 2015 ao apostar numa solução governativa que incluiu o BE, o PCP e o PEV e que isso fez toda a diferença. Acrescentou que com este Governo as instituições ganharam credibilidade, promoveu-se o crescimento económico e que se reduziu o desemprego. No contexto desta iniciativa, Pedro do Carmo, presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, recordou que houve sinais positivos de investimento, nestes quatro anos de legislatura na região, entre eles o avanço dado no IP2 e o projeto de eletrificação da ferrovia Beja/Casa Branca, mas que o distrito quer mais, nomeadamente que se resolva o “imbróglio burocrático” que faz com o troço concluído da A26 permaneça encerrado. O presidente da Câmara de Beja também esteve presente e, entre outros aspetos, relevou o facto, de se ter escolhido Beja para a realização da iniciativa 4 ANOS # CUMPRIMOS.

A comunicação social só pode assistir ao evento até ao fecho da sessão de abertura do mesmo, prosseguindo depois, à porta fechada, com os contributos dos militantes do PS do distrito para o próximo programa eleitoral do PS.


Comente esta notícia