torre solteiros

Os “Laboratório de Arquitectura” são um modelo de trabalho que emerge do mundo universitário, cuja autonomia procura maior contacto e envolvimento da sociedade.

Este Laboratório de Arquitectura em Beja surge deste contexto e propõe-se realizar um trabalho colectivo entre professores, arquitectos, filósofos e estudantes, que possa ser uma nova etapa para o reconhecimento de um território e de uma produção.

Surgem pela urgência em produzir conhecimento sobre a arquitectura na relação com o território e os lugares, reflectem em particular sobre lugares e territórios esquecidos, em desuso, ou conjuntos que permanecem desconhecidos.

Este trabalho, que tem a direcção dos arquitectos Rui Mendes e Manuel Faião, o apoio do “Atelier Rm Arquitectura, junta um conjunto de convidados e um grupo de 20 alunos de arquitectura de vários pontos do País.

Rui Mendes afirma que a arquitectura do Bairro dos Alemães em Beja é muito “singular” na história da arquitectura portuguesa mas é pouco conhecida, considera mesmo que é um “belo segredo” por desvendar.

Ainda segundo Rui Mendes, estão previstas várias actividades que culminam na 6ªfeira com a realização de uma exposição que vai apresentar o trabalho produzido ao longo destes 5 dias em Beja.

O Laboratório de Arquitectura Beja “Torre para Solteiros” 2018 é a 2ª edição dos Laboratórios, depois do LAB Funchal “Casas Aéreas” 2017, pretende-se que esta ideia de Laboratório possa circular para outros territórios nacionais como modo de questionar territórios e lugares.





Comente esta notícia