Lendias d' Encantar

México, Honduras, Nicarágua, El Salvador e Costa Rica são os destinos por onde vai passar o espetáculo "No Limite da Dor", que está em cena desde 2014.

Com encenação do cubano Julio Cesar Ramirez, a peça inicia hoje a sua digressão, na III Muestra Centroamericana de Teatro"Memorias de Centramérica", nas Honduras, e termina a 13 de dezembro, na 8ª edición del Festival de Teatro de La Rendija, Iberoamérica em Escena, no México.

Com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, a Lendias d' Encantar tem programadas 12 atuações, distribuídas pelos cinco países.

A nota de imprensa explica que a peça, baseada no programa de rádio da Antena 1 de Ana Aranha e, no livro de Carlos Ademar, "recorda os tempos de ditadura e dos interrogatórios levados a cabo pela PIDE, através de testemunhos reais de quatro portugueses que viveram esses tempos de terror".

Esta digressão veio cumprir o objetivo traçado pela companhia de teatro "de levar a cultura e memória portuguesas além-fronteiras".


Comente esta notícia