NO LIMITE DA DOR
Belo Horizonte, São Paulo e Santa Maria são apenas alguns locais por onde vão passar as Lendias d'Encantar, no total são 15 datas que estão em agenda, em várias salas de espectáculo de diversos estados brasileiros.

António Revez, da Lendias d'Encantar, revela como surgiu esta digressão que considera ser muito significativa e importante.

Quanto à peça, foi construída a partir do livro homónimo de Ana Aranha e Carlos Ademar, que dá a conhecer os testemunhos de um conjunto de antigos presos políticos durante o Estado Novo.

O espectáculo conta com a dramaturgia e encenação do cubano Julio Cesar Ramirez e interpretação de Ana Ademar, António Revez e Marisela Terra.

Comente esta notícia