Inauguração sede PSD Beja

"Mais Beja", a candidatura da coligação PSD/CDS ao Município de Beja apresentou hoje, em conferência de imprensa, o seu programa eleitoral para as eleições autárquicas de 29 de Setembro.

Com apresentação de medidas para reforçar a intervenção social e o associativismo, o cabeça de lista do PSD/CDS, João Pedro Caeiro destacou, na área cultural, a requalificação, dignificação e valorização do Museu Regional e do Castelo, apontando ainda a criação de rotas turísticas. Ao defender que o turismo pode ser o grande motor de desenvolvimento imediato da região, sector que não está a ser devidamente promovido pelo actual executivo municipal, João Pedro Caeiro revela que não é possível atrair turistas com o castelo e o museu no estado em que estão.

Na área cultural, João Pedro Caeiro destaca ainda, entre outros pontos, a necessidade de tornar Beja como um centro de referência para a arte contemporânea, o lançamento de sementes para uma bienal de artes, a organização de uma feira do livro, o reforço da oferta cultural nas freguesias. Por outro lado, ao propor a definição de uma estratégia de desenvolvimento económico do concelho que fomente o empreendedorismo e a criação de emprego, o candidato defendeu a promoção das potencialidades do concelho, entre as quais destacou as do mundo rural, designadamente, as agro-indústrias e aposta numa nova centralidade de Beja. Com base numa antiga proposta dos seus pares, João Pedro Caeiro destacou o conceito "Beja cidade aeronáutica", em complemento com as potencialidades e ofertas dos concelhos limítrofes. E deixou um reparo de que a Bejacapital dos socialistas acabou por não dar em nada.

Outra das áreas em destaque no programa eleitoral do PSD/CDS é "+Urbanismo" em que é realçada a requalificação e "renascimento" do centro histórico, a instalação de empresas e, na área do ambiente João Pedro Caeiro sustentou, como aposta do seu programa eleitoral, a recuperação do conceito "Beja Cidade Limpa".  


Comente esta notícia