AUSTERIDADE EUROS CADEADO

Uma percentagem, que de acordo com o estudo, diminui cerca de 14 por cento, em relação a 2013.

No ano que passou, 8,6 por cento afirmava que não tinha por hábito colocar dinheiro de parte, valor que subiu para 22, 2 por cento, no presente ano.

O mesmo estudo indica ainda, que o método de poupança preferido pelos portugueses é a transferência de dinheiro para a conta a prazo, 40 por cento.


Comente esta notícia