Violência Doméstica

Nos últimos anos perto de 520 mulheres foram assassinadas em contexto de relações de intimidade. São centenas os filhos e as filhas órfãos destas mortes.

Perante este flagelo, a sociedade quer mais campanhas públicas de informação e reclama por políticas que esclareçam a juventude sobre os contextos de violência. São necessárias, ainda, medidas concretas que protejam e apoiem as vítimas e que não sejam contemplativas para com os agressores.

A marcha silenciosa agendada para este domingo tem como objetivo chamar a atenção para esta realidade, recordando as vítimas de violência doméstica.


Comente esta notícia